Porque somos pentecostais

O que é ser pentecostal?

O uso do termo pentecostal no meio evangélico está relacionado ao evento festivo importantíssimo para os judeus que era o pentecostes. Esta festa era celebrada 50 dias depois da páscoa, era também chamada de festa das colheitas. Nessa ocasião Jerusalém era visitada por judeus de todo mundo, na comemoração do término da colheita dos cereais, Lv. 23:15-21.

O que tem haver ser pentecostal com a festividade do pentecostes?

Deus havia feito uma promessa através do profeta Joel (2:28,29), que derramaria Seu Espírito sobre toda a carne. Jesus reafirmou a promessa feita pelo Pai no A.T. dizendo: “E eis que sobre vós envio a promessa do meu Pai: Ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder” Lucas 24:49. Jesus ainda reforçou essa promessa depois de ressurreto “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há-de vir sobre vós”; Atos 1:8a.

Essa promessa teve seu cumprimento na ocasião em que os discípulos estavam reunidos no cenáculo orando (segundo andar de uma casa) Atos 1:12-14; 2:1-4; 14-18.

Todos os cristãos que crêem na contemporaneidade dessa promessa são chamados de pentecostais, visto que tal promessa se cumpriu no dia de pentecostes.

O que significa contemporaneidade dos dons?

Crer na contemporaneidade dos dons, é acreditar que a promessa do derramamento do Espírito não ficou limitada à geração apostólica, mas que está vigente a nós hoje também. Nós Presbiterianos Renovados cremos que a promessa está vigente por que as palavras do apóstolo Pedro foram muito claras e enfáticas ao dizer que: [...] “a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos e a todos os que estão longe; a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar”, Atos 2:39.

A importância do revestimento do Espírito Santo.

Jesus sabia que sem o revestimento do Espírito os discípulos seriam incapazes de cumprir a missão dada a eles “Permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder”, Lc. 24:49.

Por outro lado Jesus afirmou que o revestimento do Espírito Santo outorgaria as condições necessárias para pregar a palavra a todos os povos Atos 1:8. Ainda vale ressaltar que virtude no grego é “dunamis”,palavra que dá origem às palavras dínamo, dinâmica e dinamite, daí subentende-se que o poder mencionado por Jesus é um poder abrangente, o que era necessário para atingir todos os povos.

Podemos ver o efeito na vida de Pedro, que antes do revestimento nega Jesus por três vezes Mt. 26:69-74, mas segundo a tradição eclesiástica após o revestimento se dispôs a morrer crucificado de cabeça para baixo por amor a Jesus.

Conclusão

A promessa diz respeito a nós também, precisamos orar como fizeram os discípulos, pois é de suma importância ser revestido pelo poder de Deus.

 

Pastor Patrick